fbpx

Como escolher uma agência de Inbound Marketing?

Como escolher uma agência de Inbound Marketing?

Nos últimos anos, assistimos a uma mudança na forma como as pessoas compram. O próprio mercado de prestadores de serviços na área de marketing também está a ajustar-se a esta nova realidade, perdendo importância aqueles que estavam focados em atividades intrusivas e começando a aparecer outros especialistas em atividades muito focadas em ROI, como blogging, SEO ou redes sociais. Estas empresas podem ajudá-lo a fazer a transição, pois é normal que não tenha estas skills internamente. É neste contexto que estão a surgir as agências de Inbound Marketing, que o podem ajudar a mudar a abordagem do seu marketing e a acelerar o retorno do seu investimento nesta área.

Sendo estas agências relativamente recentes é importante perceber o que se deve avaliar na altura de escolher uma. Aqui ficam algumas dicas:

É uma agência especializada?

É uma agência especializada ou é uma generalista com interesse em Inbound Marketing. Dada a especificidade desta abordagem, é importante encontrar uma agência claramente focada. A cultura, valores e forma de pensar do consumidor são diferentes no Inbound. Quem vive o Inbound a 100% estará mais capacitado para o ajudar. Quando procura um fotógrafo para um casamento, prefere um fotógrafo 360 com vasta experiência nas diferentes áreas da fotografia ou um especialista em casamentos, que conheça os diferentes momentos, os antecipe e já tenha estratégias para oferecer os melhores planos?

Consegue compreender o seu negócio e apresenta um processo de vendas orientado aos seus objetivos?

Só quem perceber o seu negócio é que vai conseguir perceber as suas buyer personas e os seus respetivos processos de compra, o que é fundamental para dar contexto a toda a estratégia de conteúdo. O processo de venda das melhores agências de Inbound começa sempre pelos seus objetivos. Mais importante do que terem experiência com empresas como a sua, é a capacidade de, desde o primeiro dia, conseguirem entrar no seu negócio. Interessam-se pelos seus objetivos? Desafiam-nos? Sente que acrescentam valor nesta discussão? Forçam-no a ser analítico? Se não compreenderem os seus objetivos, como é que o podem ajudar a atingi-los? Que tipo de perguntas fazem, se é que fazem algumas? Tentam perceber com detalhe como funciona o seu negócio e como estão organizados? Procuram perceber a melhor forma de acrescentarem valor ou limitam-se a fazer um pitch “one size fits all”?

Têm um bom inbound ou “em casa de ferreiro, espeto de pau”?

Avalie o inbound marketing das diferentes agências. Escrevem com frequência no seu próprio blog? Qual a qualidade desses posts? São um mero amontoado de keywords ou estão escritos numa forma apelativa que agarra as pessoas ao longo do artigo? Têm um website otimizado para atracão e conversão de leads com um design apelativo e adaptado às diferentes plataformas? Que tal os calls-to-action? Usam verbos no imperativo que fomentam a ação? Oferecem conteúdos relevantes e de qualidade? Têm algum tipo de certificações que prove as suas capacidades nesta área ou limitam-se a fazer um conjunto de promessas sobre as suas capacidades nesta área?

Quem é que vai trabalhar a sua conta?

Esta é uma pergunta fundamental. Mais importante do que a pessoa que está a trabalhar a angariação da sua conta, são as pessoas que a vão trabalhar! Qual a sua senioridade? Qual o seu background? Quais as suas certificações. Existe empatia? São pessoas com quem vai passar algum tempo, por isso a qualidade da relação vai influenciar a qualidade do trabalho

Que softwares de marketing automation é que utilizam?

Caso tenha alguma preferência por um software, é importante que a agência que venha a trabalhar consigo o domine. Caso não tenha nenhuma preferência, tem mais liberdade de escolha e pode pedir recomendações às potenciais agências, de forma a avaliar o conhecimento que têm das plataformas que sugerem

Preço – não vai custar pouco dinheiro

Comecei por escrever “não vai ser barato”, mas barato é uma avaliação que relaciona output/preço. Algo pode custar pouco dinheiro, mas oferecer ainda menos resultados. Isso sim é caro! Uma agência com qualidade e que tenha o conhecimento e a experiência necessária para produzir resultados vai implicar investimento da sua parte. Se a agência que está a avaliar lhe parece barata, é natural que a qualidade do que escreve ou os ebooks que crie não sejam indicados para a sua empresa. São os parceiros que vão escrever sobre o seu próprio expertise e divulgá-lo. Vão estar a trabalhar no seu website, que é a sua montra para o mundo. A qualidade é uma vertente onde não vai querer poupar, pois essa poupança pode vir a ter um custo elevado.

Espero que estas dicas o ajudem quando chegar o momento de escolher a sua agência. Se precisar de alguma tipo de ajuda ou apenas de uma opinião pode sempre falar connosco.


Faça download do nosso ebook e conheça os passos necessários para uma campanha de inbound marketing.checklist campanha inbound marketing

Subscrever blog



Descubra os erros mais comuns de SEO

Ebook SEO